Todas as Mudas

  • Ameixa Fla

    Variedade com baixa necessidade em frio. Altamente produtiva e boa aparência em regiões quentes como São Paulo, Norte do Paraná e regiões de baixa altitude no Sul do Brasil. Para melhorar a qualidade a colheita deve ser próxima da maturação. Amolece rapidamente em temperatura ambiente. Necessita polinização cruzada.

    + leia mais
  • Ameixa Irati

    Frutos doces, de boa qualidade e maturação precoce. Colheita a partir de setembro/ outubro em regiões quentes do Norte do Paraná e São Paulo, novembro no Centro-Sul do Paraná. Folhas sensíveis a baixas temperaturas durante e logo após a brotação. Necessita polinização cruzada por outras variedades como Reubennel.

    + leia mais
  • Ameixa Polli Rosa

    Mutação de Santa Rosa da qual mantêm a mesma qualidade e aparência de fruta. Precisa menos frio para quebra de dormência. Mais produtiva que Santa Rosa. Possui um bom padrão de qualidade para o mercado brasileiro. Maturação 7 a 15 dias antes que Santa Rosa, dependendo das condições climáticas. Necessita polinização cruzada por outras variedades […]

    + leia mais
  • Ameixa América

    Variedade amarelo alaranjada, com perfume e sabor únicos, muito bom sabor. Apresenta maturação rápida e, portanto, necessita de colheitas frequentes. Muito vigorosa, produtividade adequada sobre A9 ou A9 com filtro. Necessita polinização cruzada com variedades tais como Reubennel, Harry Pickstone, Amarelinha (Rianha Cláudia), etc.

    + leia mais
  • Ameixa Fortune

    Variedade desenvolvida pelo USDA – Estados Unidos. Frutas de qualidade excepcional e ampla adaptação em todo o mundo. Excelente conservação e resistência ao transporte. Maior susceptibilidade a doenças foliares do que Letícia. Maturação no final de dezembro/ primeira quinzena de janeiro. Exigência em frio semelhante a Polli Rosa. Necessita polinização cruzada, podendo ser polinizada por […]

    + leia mais
  • Ameixa Reubennel

    Variedade de maior presença no mercado Paulista. Ampla adaptação climática, frutos de excelente qualidade e produtividade insuperável. Maturação em dezembro nas regiões quentes do Norte do Paraná e São Paulo, onde necessita de quebra de dormência; e final de dezembro, início de janeiro nas outras regiões. Variedade auto fértil, mas a presença de polinizadora melhora […]

    + leia mais
  • Ameixa Harry Pickstone

    Variedade de adaptação mais restrita que Reubennel. Frutos grandes, de boa qualidade, auto fértil. Extremamente produtiva, maturação em janeiro. Bastante seinsível a bacteriose em condições favoráveis para o desenvolvimento da doença.

    + leia mais
  • Ameixa Letícia

    Variedade tardia, exigente em frio, maturação em janeiro/ fevereiro. Frutos grandes, de excelente qualidade. Boa capacidade de conservação em câmara fria. Necessita polinização cruzada. Precisa de quebra-de-dormência artificial na maioria das localidades para boa produtividade. Excelente performance sobre o porta-enxerto A9 ou A9 com filtro. Muito boa resistência a bacteriose.

    + leia mais
  • Ameixa Piúna e Camila

    São duas variedades de ameixeira desenvolvidas pela EPAGRI em Santa Catarina. Ambas são tardias, com maturação a partir de janeiro, e têm mostrado melhor resistência a escaldadura da folha da ameixeira que outras variedades comerciais. A adaptação climática semelhante a variedade Letícia. Ambas têm sido usadas em alguma extensão como polinizadoras de Letícia.

    + leia mais
  • Ameixa Angeleno

    Variedade Americana com padrão internacional de qualidade. Maturação muito tardia, podendo em alguns locais acontecer somente no final de fevereiro, e longo período de armazenamento. Planta muito vigorosa. Necessita de polinização cruzada, manejo intensivo e locais protegidos para produzir adequadamente. Exigência em frio média/ alta. Sensível a bacteriose em locais favoráveis para a doença.

    + leia mais
  • Ameixas Black Amber, Black Splendoe, Frontier, Larry Ann, etc.

    São todas variedades Californianas com alto padrão de qualidade. Grande capacidade de armazenamento. Exigência em frio média/ alta. Todas são mais sensíveis a bacteriose que demais variedades citadas. Necessitam locais muito bem protegidos, manejo adequado e intensivo para produzirem adequadamente em nossas condições. Ou seja, somente em condições excepcionais estas variedades produzem adequadamente.

    + leia mais
  • Ameixas Amarelinha (Rainha Cláudia), Gigaglia, Seleção SA 8613, etc.

    Variedades utilizadas principalmente como polinizadoras de outras variedades. Isso é feito devido a profusa floração e grande produção de pólen de boa qualidade. Embora existam diferenças em eficiência, variedades de ameixeira que florescem na mesma data normalmente se interpolinizam.

    + leia mais
  • Ameixa Pluma 7

    Variedade tardia Maturação em janeiro, polpa roxa, produtiva, boa qualidade, sensível a bacteriose.

    + leia mais
  • Caqui Fuyu

    Variedade de aceitação universal, frutos de excelente qualidade. Mantemos constante seleção clonal desta variedade.

    + leia mais
  • Caqui Fuyu Vermelho

    As frutas são semelhantes aos da variedade Fuyu. Mostram maturação antecipada e coloração mais avermelhada. Variedade normalmente com maior pegamento de frutos que Fuyu. Menos exigência em frio que Fuiu, portanto brota mais cedo, muito boa produtividade.

    + leia mais
  • Caqui Tokyo Gosho

    Semelhantes a variedade Fuyu, mas mostram maturação muito antecipada. Tokyo Gosho tem menor exigência em frio que Fuyu, mas de vigor de planta mais reduzido, portanto deve ser plantada mais adensada que Fuyu. Frutos de excelente qualidade.

    + leia mais
  • Caqui Kyoto

    Variedades do tipo Café ou Chocolate, brotação e maturação tardia. Frutos de muito boa qualidade, com presença de sementes. Tende a produzir melhor e apresenta maior estabilidade de produção quando se consegue manter galhos de renovação mais vigorosos que em outras variedades.

    + leia mais
  • Caqui Chocolate Precoce

    Variedades do tipo Café ou Chocolate. Maturação mais precoce que Kyoto, brotação mais antecipada em relação ao Kyoto.

    + leia mais
  • Caqui Rojo Brillante

    Variedade de caqui mais importante na Espanha. Capacidade de manter a qualidade por períodos longos de conservação.Frutas tem excelente sabor, ótima aparência que são grandes e uniformes. Tem mostrado alta produtividade na região de Araucária.Necessita de destanização, aceita CO2 e se mantêm firme após o processo.

    + leia mais
  • Caqui Rama Forte

    Variedade mais importante deste tipo no Brasil atualmente. Muito produtivo, tradicionalmente consumido “maduro”. Mais resistente ao manuseio nestas condições que outras variedades.

    + leia mais
  • Caqui Giombo

    Plantas vigorosas e produtivas, normalmente destanizadas com álcool, e se mantém-se duro após a destanização.

    + leia mais
  • Kiwi Monty

    Alta produtividade e excelente qualidade dos frutos. Bom armazenamento e resistência a baixas temperaturas de inverno. Excelente qualidade em nossas condições.

    + leia mais
  • Kiwi Elmwood

    Frutos grandes, alta produtividade. Variedade com bom desempenho na região serrana do Rio Grande do Sul. Frutos grandes, alta produtividade.

    + leia mais
  • Maçã Gala Real 2 EXCLUSIVIDADE CLONE VIVEIROS

    Clone da variedade Gala. Mostra coloração plena já muito antes da maturação, excelente coloração estriada, formato, produtividade e tamanho. Pack out excepcional. Seleção Clone Viveiros de Gala estriada.

    + leia mais
  • Maçã Fuji Suprema

    Destaca-se dos demais clones da variedade Fuji. Intensa coloração dos frutos em qualquer condição climática. Bom formato, excelente valor de mercado, com grande potencial para exportação. Coloração mostra estrias em regiões altas e frias. Coloração diminui em intensidade próximo da colheita, que pode ser modificado pela nutrição, poda e data de colheita.

    + leia mais
  • Maçã Fuji Mishima

    A cor vermelha cobre quase totalmente a epiderme. Estriada, lenticelas evidentes, demais características típicas dos clones de Fuji.

    + leia mais
  • Maçã Rosy Glow

    Nova variedade altamente colorida do grupo PINK LADY®. Mostra coloração excepcional, e mantém todas as outras características de Cripp’s Pink original. Variedade protegida. A venda de mudas desta variedade está condicionada ao comprometimento do fruticultor de comercializar as frutas produzidas junto com um embalador licenciado da marca PINK LADY®. Para plantios em altitudes superiores a […]

    + leia mais
  • Maçã Eva

    Incrivelmente produtiva, fruto predominantemente estriado. Opção para colheita em dezembro e início de janeiro. Pode ser produzida mesmo em locais onde quase não haja acúmulo de frio com auxílio de quebra de dormência artificial. Variedade desenvolvida pelo IAPAR. Pode ser polinizada pela IPR Julieta e pela Princesa.

    + leia mais
  • Maçã Eva Rubi

    Mutação de Eva. Frutos de coloração predominantemente sólida, pouco menos vigorosa e maior pegamentos de frutos que Eva, portanto precisa de maiores cuidados na poda e raleio.

    + leia mais
  • Maçã IPR Julieta

    Extremamente produtiva, frutos grandes, boa aparência e muito bom sabor. Colheita 10-15 dias antes que a Maçã Eva, normalmente utilizada como polinizadora de Eva, melhor resistência a oídio, podridão carpelar, marssonina e ácaros que Princesa. Período de armazenamento mais curto e mais sensível ao manuseio que Eva.

    + leia mais
  • Maçã Princesa

    Boa polinizadora para Eva. Frutos de boa qualidade, sensível a doenças de verão.

    + leia mais
  • Smooth Delight 1 EXCLUSIVIDADE CLONE VIVEIROSLANÇAMENTOS

    Variedade de nectarina extremamente precoce, de frutos brancos, doce e sem acidez. Sabor semelhante a dos pêssegos brancos que o mercado prefere, completamente diferente das nectarinas tradicionais. Qualidade dos frutos vai de encontro com as preferências do mercado brasileiro; boa firmeza, muito bom tamanho para a data de maturação, redondos e boa aparência. Necessita cerca […]

    + leia mais
  • Smooth Delight 2 EXCLUSIVIDADE CLONE VIVEIROSLANÇAMENTOS

    Variedade de nectarina de frutos amarelos, doce e sem acidez. Sabor semelhante à dos pêssegos brancos que o mercado prefere, completamente diferente das nectarinas tradicionais. A qualidade dos frutos vai de encontro com as preferências do mercado brasileiro; de boa firmeza, muito bom tamanho para a data de maturação, redondos e boa aparência. Necessita cerca […]

    + leia mais
  • Nectarina Bruna

    Variedade de nectarina mais plantada no Centro-Sul do Paraná. Precoce, com maturação em novembro. Tamanho, firmeza e qualidade ótimos para a data. Exigência em frio semelhante ao pêssego Coral, frutos doces, levemente acidulados, de excelente sabor DOCE, COM LEVE ACIDEZ.

    + leia mais
  • Nectarina Necta Gil

    Mutação da variedade de pessegueiro Eragil selecionada pela Clone Viveiros. Frutos doces, firmes, mantém as mesmas qualidades gustativas dos frutos que Eragil, DOCE E SEM ACIDEZ. Maturação tardia, em janeiro, boa conservação em câmara, permite estender o período de oferta de nectarinas de qualidade.

    + leia mais
  • Nectarina Sunracer

    Super precoce, polpa amarela, excelente tamanho para época de maturação. Normalmente necessitam menos que 300 unidades de frio, e se comportam bem nas regiões produtoras mais quentes. Frutas de alta qualidade, doce aciduladas. Sabor tradicional.

    + leia mais
  • Nectarina Sunripe

    Precoce, polpa amarela, de alta qualidade. Necessita cerca de 300 unidades de frio, se comportam bem nas regiões produtoras mais quentes. Frutas de alta qualidade, firmes, doce aciduladas. Sabor tradicional.

    + leia mais
  • Nectarina Sunblaze

    Precoce, polpa amarela, de alta qualidade. Necessita cerca de 300-400 unidades de frio, se comportam bem nas regiões produtoras mais quentes. Frutas de alta qualidade, firmes, doce aciduladas. Sabor tradicional.

    + leia mais
  • Nectarina Sungold

    Excelente produtividade nas regiões mais frias do Sul do Brasil. Frutas grandes, muito firmes, boa conservação. Sabor tradicional, acidez um tanto elevada.

    + leia mais
  • Pera Rocha EXCLUSIVIDADE CLONE VIVEIROS

    Variedade Portuguesa em forte expansão no Brasil. Tem ampla aceitação pelo consumidor brasileiro e internacional, seu valor comercial tem sido superior a todas as outras cultivares. Pelo seu sabor e aspectos distintos, atualmente não compete com outras peras produzidas e importadas. Exige menos frio que outras variedades Européias. Maturação em fevereiro. Produzimos mudas sobre Marmelo […]

    + leia mais
  • Pera Packham’s Triumph 2

    Mutante de Packham’s Triumph selecionado pela CLONE VIVEIROS. Difere de Packham’s original pela maior intensidade de diferenciação de gemas florais e, portanto, produtividade muito superior a variedade original.

    + leia mais
  • Pera William’s Precoce EXCLUSIVIDADE CLONE VIVEIROS

    Mutação da variedade tradicional William’s com exigência em frio sensivelmente menor que a original. Os frutos são semelhantes aos da variedade William’s. Maturação no início de janeiro. Altamente produtiva nas condições de Araucária-PR.

    + leia mais
  • Pera Hosui

    Variedade Japonesa, com padrão de qualidade e de melhor adaptação entre as variedades Orientais. Frutos redondos dourados de excelente qualidade, delicados. Maturação em janeiro/fevereiro. Boa capacidade de armazenamento. Produzimos mudas enxertadas sobre Marmeleiro CV, onde é altamente produtiva e precoce na entrada de produção, e seleções de Caleriana.

    + leia mais
  • Pera Santa Maria

    Variedade produtiva, super precoce. Pode ser usada conjuntamente com Packham’s Triumph 2 para polinização da Rocha. Muito boa aparência, de curta conservação.

    + leia mais
  • Pera Água Branca 

    Peras d’água é um grupo de cultivares com características típicas. Relativamente rústica, com textura e sabor que lembram aos das peras Asiáticas. Das diversas cultivares de peras d’água, a Branca, com frutas lisas e verde claro, tem mostrado o melhor potencial de mercado. Baixa exigência em frio. Colheita em janeiro. Altíssima produtividade sobre Marmelo CV.

    + leia mais
  • Pera Cascatense

    Floração precoce, frutas grandes, lisas, uniformes. Maturação início de janeiro, sabor próximo das peras Européias. Tem mostrado bom desempenho em muitas localidades do Sul e Sudeste quando enxertada sobre o Marmelo CV. Baixa exigência em frio. Muito baixa produtividade em outros porta-enxertos.

    + leia mais
  • Pera Kieffer

    Adaptação excelente no Sul do Brasil. Rápida entrada em produção, boa resistência a doenças, boa capacidade de armazenamento e colheita em março. Frutas duras na colheita, quando maduras e armazenadas, as frutas tornam-se amareladas, melhoram a textura e o sabor. Fácil manejo. Baixa exigência em frio. Enxertada em Caleriana.

    + leia mais
  • Pera Yar-li

    Variedade oriental, formato periforme, de boa qualidade e maturação tardia. Longa tradição no cultivo no Centro-Sul do Paraná. Enxertada em Caleriana.

    + leia mais
  • Pêssego Pampeano

    Frutos brancos, sabor doce-acidulado. Baixa exigência em frio, floração final de julho, maturação em meados de outubro. Produtividade mediana-baixa, planta de baixo vigor, frutos médios, 70-80 gramas podendo ter boa coloração. Pode ser útil em locais onde se almeja colheita precoce.

    + leia mais
  • Pêssego Royal Zest EXCLUSIVIDADE CLONE VIVEIROSLANÇAMENTO

    Variedade de pessegueiro de alto valor comercial. Tamanho e firmeza excelentes, com coloração simplesmente excepcional! Frutos de sabor muito equilibrado, com boa vida de prateleira. Royal Zest necessita de 500-550 unidades de frio, assemelhando-se às variedades Eragil e Barbosa. A floração ocorre no final de agosto/ início de setembro em Araucária-PR, e a colheita no […]

    + leia mais
  • Pêssego White Delight EXCLUSIVIDADE CLONE VIVEIROSLANÇAMENTO

    Variedade de pessegueiro de frutos brancos, doces, coloridos e firmes. A qualidade dos frutos vai de encontro com as preferências do mercado brasileiro; pelo curto, excelente tamanho, formato e aparência e boa vida de prateleira. Necessita de 470-500 unidades de frio, assemelhado-se à Della Nona. A floração ocorre no final de agosto/início de setembro em […]

    + leia mais
  • Pêssego Fênix EXCLUSIVIDADE CLONE VIVEIROSLANÇAMENTOS

    Fênix é altamente produtivo. Os frutos são brancos, semi-soltos, caroço pequeno, formato e coloração muito bons. Firmes, maior e mais colorido que o Chimarrita. Fênix inicia a maturação quando está terminando a colheita do pêssego Chimarrita. Fênix brota cerca de uma semana depois de Chimarrita, necessita cerca de 450 unidades de frio, próximo de Chimarrita […]

    + leia mais
  • Pêssego Tropic Prince EXCLUSIVIDADE CLONE VIVEIROS

    Extremamente precoce. Amadurece 7-10 dias antes que Tropic Beauty. Necessita 150-200 unidades de frio, sendo ideal para as regiões produtoras de pêssego mais quentes do Brasil. Frutos amarelos, doce-adiculados, grandes, com formato e coloração excelentes. São firmes com boa conservação pós-colheita. Variedade patenteada da TEXAS A&M UNIVERSITY, da qual o Clone Viveiros é licenciado. EXCELENTE […]

    + leia mais
  • Pêssego Tropic Beauty

    Super precoce. De alta qualidade e exigência em frio muito baixa. Potencial para produzir frutas redondas, coloridas, grandes, resistentes ao transporte. Polpa amarela e doce acidulada.

    + leia mais
  • Pêssego PS25399 EXCLUSIVIDADE CLONE VIVEIROS

    Frutos brancos, redondos, sem ponta, excelente coloração. Pelos muito curtos, aparência excepcional, maturação super precoce e baixa exigência em frio. Tamanho, formato, firmeza, coloração e produtividade excepcionais para a data de maturação. Sabor doce-acidulado agradável. VARIEDADE DESENVOLVIDA PELO CLONE VIVEIROS.

    + leia mais
  • Pêssego Douradão

    Padrão de qualidade no Estado de São Paulo. Baixa exigência em frio, produtivo, frutas grandes, coloridas, excelente sabor. Possui excelente valor comercial para regiões subtropicais.

    + leia mais
  • Pêssego BRS Kampai

    Licenciado Embrapa. Polpa branca, doce, precoce, excelente qualidade, produtividade, coloração, formato, baixa exigência em frio. Frutas grandes, coloridas e com excelente sabor. Possui exclente valor comercial para regiões subtropicais. Variedade protegida da EMBRAPA, produz frutas de qualidade muito precoces em regiões quentes.

    + leia mais
  • Pêssego Rubimel

    Muito precoces em regiões quentes. Polpa amarela, precoce, doce, firme, excelente qualidade, produtiva, boa coloração, boa forma. Baixa exigência em frio, produz frutas de qualidade muito precoces em regiões quentes.

    + leia mais
  • Pêssego BRS Mandinho

     Licenciado Embrapa. Esta variedade produz frutos de forma peculiar, achatados. São doces, com um bom sabor, polpa amarela e necessita 100-150 unidades de frio, com floração no final de julho. Maturação em novembro em Araucária, PR. Variedade protegida pela EMBRAPA.

    + leia mais
  • Pêssego BRS Fascínio

     Licenciado Embrapa. Polpa branca, doce, não fundente, caroço preso, maturação após BRS Kampai e Rubimel na Região Centro-Sul, após Chimarrita na Região Sul. Firme, grande, produtivo, boa coloração, formato cônico arredondado. Baixa exigência em frio, 200-300 unidades. Excepcional desempenho nas regiões produtoras mais quentes.

    + leia mais
  • Pêssego BRS Regalo 

     Licenciado Embrapa. A cultivar BRS Regalo tem polpa branca, muito boa qualidade, firme, baixa acidez, muito produtivo e maturação após Chimarrita. Necessita cerca de 400-450 unidades de frio, com floração geralmente na segunda semana de agosto.

    + leia mais
  • Pêssego Chimarrita

    Maturação normalmente em novembro. Padrão para variedades de fruta branca no Sul do Brasil.

    + leia mais
  • Pêssego PS10711 EXCLUSIVIDADE CLONE VIVEIROS

    Branco, produtividade e estabilidade de produção excepcionais, boa coloração, ótimo tamanho e qualidade. Maturação no início/meados de dezembro. Notável desempenho no Sul do Brasil. Sabor doce. VARIEDADE DESENVOLVIDA PELO CLONE VIVEIROS.

    + leia mais
  • Pêssego BRS Rubra Moore LANÇAMENTOLANÇAMENTO 2017

     Licenciado Embrapa. Excelente aparência, polpa branca de excelente qualidade, pelos pouco abundantes, início de maturação poucos dias depois de BRS Fascínio, boa produtividade, tamanho médio/grande. Data de floração próxima do Chimarrita em Araucária-PR.

    + leia mais
  • Pêssego Della Nona

    Frutos brancos, boa coloração, de excelente qualidade. Maturação no final de dezembro/janeiro. Também erroneamente chamado de Chiripá Vermelho. Boa conservação em câmara fria. Sabor doce.

    + leia mais
  • Pêssego Chiripá 2 EXCLUSIVIDADE CLONE VIVEIROS

    Mutação da variedade Chiripá selecionada pela Clone Viveiros. Frutas idênticas ao Chiripá original, mas com rápido e uniforme enfolhamento na primavera. Produtividade e tolerância a doenças muito superiores ao Chiripá original. Floração e maturação são antecipadas em cerca de 7 dias.

    + leia mais
  • Pêssego Eragil

    Amarelo e doce. Tamanho, produtividade e conservação excepcionais. Desempenho notório no Sul do Brasil. Variedade tardia, maturação em Janeiro.

    + leia mais
  • Pêssego Barbosa

    Excelente firmeza. Frutos brancos, doces, grandes, de maturação tardia em janeiro, sabor exclente, excelente conservação em câmara fria.

    + leia mais
  • Pêssego Eldorado

    Sabor doce acidulado. Frutos amarelos, muito grandes, não fundentes, boa qualidade, alta produtividade. Maturação em meados de janeiro.

    + leia mais
  • Quebra-ventos Alamo e Salix

    A presença de quebra-ventos são essenciais em pomares comerciais com finalidade de se diminuir danos mecânicos nos frutos, rompimento de ramos, e em espécies como a ameixeira e pessegueiro atua na prevenção e disseminação de bacterioses. Dispomos de seleções de Alamo e Salix com crescimento vertical e rápido, formando copa densa e estreita, com pouca projeção lateral, e basicamente […]

    + leia mais
  • Porta-Enxertos Nano+ EXCLUSIVIDADE CLONE VIVEIROS

    Porta-Enxerto para Pessegueiro. Nano+ é um porta-enxerto semi-anão para pessegueiro desenvolvido pela Clone Viveiros. Pessegueiros enxertados neste porta-enxerto tem redução entre 40 e 65% do tamanho de copa quando comparados com as mesmas variedades enxertadas nos porta-enxertos até hoje usados no Brasil. Vantagens: Economia drástica em mão-de-obra; Permite plantios em alta densidade. Condução das plantas […]

    + leia mais
  • Porta-Enxertos A9 EXCLUSIVIDADE CLONE VIVEIROS

    Porta-Enxerto para Ameixeiras, Pessegueiros e Nectarineiras. Denvolvido pela Clone Viveiros, A9 é extremamente produtivo! Mostra RÁPIDA ENTRADA EM PRODUÇÃO, ALTA PRODUTIVIDADE, COM MAIOR EFICIÊNCIA NOS TRATOS CULTURAIS E COLHEITA. A9 em ameixeira produz plantas que tem volume de copa com 40-60% to tamanhao que as mesmas variedades produziriam enxertadas em Conserva ou Okinawa. Pode induzir abundante […]

    + leia mais
  • Porta-Enxertos A9 com filtro EXCLUSIVIDADE CLONE VIVEIROS

    Porta-Enxerto para Ameixeira. Induz nanismo maior que na enxertia direta sobre A9. Especialmente interessante para variedades, vigorosas e com hábito de frutificação em esporões, as quais normalmente demoram mais para entrar em produção, tais como Letícia, Polli Rosa, América, Angeleno, etc.

    + leia mais
  • Porta-Enxertos Okinawa

    Porta-Enxerto para Ameixeiras, Pessegueiros e Nectarineiras Resistente a nematóides causadores de galhas. Produz plantas vigorosas, rústicas, uniformes, altamente produtivas, com frutos de bom tamanho e qualidade. Bom comportamento no transplante para o pomar. Demora entrada em produção de ameixeiras que produzem em esporões. Apresenta excelente comportamento em replantes de pomares de pessegueiro, sendo a melhor opção.

    + leia mais
  • Porta-Enxertos M9

    Porta-Enxertos para Macieira. Para densidades superiores a 2500 plantas por hectare. Exige sistema de tutoramento. Frutificação muito precoce, frutos de alta qualidade. Pode mostrar problemas de brotação e crescimento da copa em anos de invernos ou regiões quentes. Exige solos férteis, profundos, com bom teor de matéria orgânica e capacidade de retenção de água.

    + leia mais
  • Porta-Enxertos Maruba com Filtro de M9

    Porta-Enxertos para Macieira. Definitivamente a melhor opção para precocidade, alta produtividade e qualidade. Combina as características da adaptabilidade aos solos brasileiros observado no Maruba, com frutas de alta qualidade produzidas no M9. Vigor e densidade de plantio ajustáveis conforme o tipo de filtro utilizado. Rápido crescimento inicial e entrada em produção. Tutoramento essencial quando em […]

    + leia mais
  • Porta-Enxertos Maruba

    Porta-Enxertos para Macieira. Interessante para variedades com baixa exigência em frio, para solos secos ou com problema de drenagem, replantios e adensamentos. Plantas muito vigorosas, induz alta produtividade e boa qualidade quando adultas.

    + leia mais
  • Porta-Enxertos Marmelo CV EXCLUSIVIDADE CLONE VIVEIROS

    Porta-Enxertos para Pereiras. O sistema de plantas desenvolvido pelo Clone Viveiros é um novo horizonte para a cultura da pereira em nossas condições. Produz plantas anãs, as quais mostram diferenciamento rápido e abundante produção de flores, e com entrada muito precoce em produção. Boa compatibilidade e crescimento com as principais variedades comerciais, incluindo algumas cultivares […]

    + leia mais
  • Porta-Enxertos Caleriana

    Porta-Enxertos para Pereiras. Compatível com todas cultivares asiáticas e européias, ampla adaptação aos diversos tipos de solo. Produz plantas menores, mais precoces que Betulifolia ou outros híbridos. Densidades de plantio entre 700 e 2000 plantas por hectare, dependendo da variedade e sistemas de plantio. Período de entrada em produção dependente das técnicas de condução e […]

    + leia mais

Clone Viveiros & Fruticultura
Fone: +55 (41) 3253-2940
E-mail: [email protected]

2017 © Todos os direitos reservados.